Piano de cauda que Freddie Mercury usou para compor quase todas as suas emblemáticas canções vendido em leilão por quase dois milhões de euros.
"A World of His Own" ("Um mundo só dele", em português) foi o mote para um leilão, da Sotheby's, com objetos que fizeram parte da vida de Freddie Mercury.
O piano de cauda que Mercury usou para compor quase todas as suas emblemáticas canções foi leiloado, em Londres, por quase dois milhões de euros. O manuscrito original de "Bohemian Rhapsody" por cerca de 1,5 milhões. 
Entre os objetos em leilão estão a famosa pulseira cobra que este usou no videoclip de "Bohemian Rapsody", de 1975, roupa que ele usou em palco, autógrafos em rascunhos de canções, entre elas "Somebody to Love" e até o manto real e a coroa que ele vestiu durante a digressão de 1986.
Um número recorde, 2000 licitadores de 61 países, registou-se para participar na venda dos milhares de objetos do carismático vocalista da banda britânica. O leilão termina esta quinta-feira às 10h da manhã, hora de Lisboa.