A Lamborghini juntou-se ao artista Fabian Oefner para criar aquele que é o primeiro NFT da marca italiana de automóveis de luxo: uma série de cinco fotografias de um Aventador Ultimae que sai da Terra em direcção ao Espaço.

 

 

Cada fotografia está separada da outra por um segundo, mas as mudanças são impercetíveis. As imagens mostram um automóvel que se esta a desmontar e tem 600 milhões de pixéis, o que significa que, ao fazer zoom, será possível ver vários pormenores deste Aventador.

«As peças, o motor, a transmissão, a suspensão e centenas de porcas e parafusos saem disparar para longe do chassis, como a chama dos escapes de um foguetão», descreve a marca italiana. Ao todo, Fabian Oefner trou 1500 fotografias individuais para criar esta imagem.

Cada NFT é acompanhado por uma peça física, a Space Key, um pequeno quadrado de fibra de carbono que a Lamborghini enviou para o Espaço; esta “chave” vem embebida numa moldura e vai chegar numa mala de metal aos compradores. A Space Key traz um código QR que dá acesso direto às fotografias.

lambo site1

Além da fotografia e da Space Key, também será oferecida uma televisão Frame da Samsung com 65 polegadas, com uma versão da fotografia de Fabian Oefner pré-carregada. Segundo a Lamborghini, a TV será entregue a licitações que «atinjam ou ultrapassem um determinado limite», sem esclarecer qual é o valor ao certo.

Os cinco NFT da Lamborghini podem começar a ser licitados atualmente, cada um está a valer, em média, seis mil dólares (cerca de 5300 euros). As licitações são feitas com criptomoedas, como Bitcoin, Ethereum e até mesmo Dogecoin.